O testemunho do CEA de Torres Vedras

Vasco Batista trabalha no Centro de Educação Ambiental de Torres Vedras e pertence à equipa que acompanha a implementação do projeto Heróis da Reciclagem do Alumínio em Cascais. 

Assim, fomos conversar com o Vasco para ter uma perspetiva de quem lida com a área de Educação Ambiental há vários anos, não só sobre o nosso projeto, mas também sobre a realidade escolar do seu município. 

  1. Sabemos que a Câmara de Torres Vedras tem uma oferta alargada de projetos educativos. Qual a principal mais-valia que traz o projeto Heróis da Reciclagem do Alumínio à vossa comunidade educativa, sabendo que é já o 3.º ano de implementação?

O Município de Torres Vedras, através do Serviço Educativo do Centro de Educação Ambiental (CEA), desenvolve desde o ano letivo de 2004/2005 um programa de atividades de educação e sensibilização ambiental que aborda diversas temáticas ambientais. Uma dessas temáticas é a gestão de resíduos.

O projeto Heróis da Reciclagem do Alumínio é uma iniciativa bem estruturada que tem sido consolidada e melhorada, e atualmente uma atividade importante no programa apresentado à comunidade educativa do concelho.

Uma das grandes mais-valias do projeto é a forma como tem conseguido envolver a comunidade educativa para um objetivo comum, dando a conhecer o ciclo de vida dos materiais e sensibilizando para a correta gestão de um resíduo (embalagens de alumínio).

Aos longos dos anos de implementação, os resultados do projeto demonstram que não são só os alunos, os docentes e o pessoal não docente que se envolvem ativamente, mas também toda a comunidade, que sente que o seu esforço, quer de recolha de embalagens quer na produção de conteúdos educativos está a contribuir para uma causa ambientalmente e socialmente sustentável.

 

  1. Conhece bem a realidade escolar. De que forma é que os projetos extra-curriculares podem ser um bom apoio para os professores trabalharem os temas?

Os projetos extra-curriculares e de continuidade permitem aos docentes e à comunidade educativa envolver e motivar os alunos de uma forma efetiva, em diferentes contextos, através de novas abordagens.

Projetos como o Heróis da Reciclagem do Alumínio permitem abordar as problemáticas ambientais de uma forma integrada com a componente curricular.

Todo o apoio pedagógico e atividades que sustentam o projeto fornecem aos docentes conteúdos que facilitam o trabalho com os alunos. Os desafios que acompanham as campanhas de recolha das embalagens de alumínio permitem aos alunos desenvolver a capacidade de pesquisa e estimulam a sua criatividade.

 

  1. Quais as principais dificuldades que deteta ainda a nível de mudança de comportamentos (na direção de boas práticas ambientais)?

Uma das grandes dificuldades que encontramos ao desenvolver diariamente atividades de sensibilização e educação ambiental é incutir a ideia de que os nossos comportamentos podem afetar tudo o que nos rodeia.

Todos os dias trabalhamos para que a comunidade escolar, e não só, esteja mais informada e consciente para a importância da mudança de comportamentos. As atividades e os projetos desenvolvidos, bem como as parcerias que têm sido desenvolvidas (como é o caso do projeto Heróis da Reciclagem do Alumínio), permitem caminhar para um concelho cada vez mais sustentável.

Partilhe este artigo